Conservatório Carlos Gomes

Portal Aluno
Conservatório Carlos Gomes
  • Dança
  • Iniciação Artística
  • Instrumento Musical e Canto
  • Teatro

/ Curso Técnico em Arte Dramática


Informações Gerais Sobre o Curso Técnico em Arte Dramática

Sistemática de Matrícula dos Alunos:

A matrícula dos alunos é efetuada em época prevista no Calendário Escolar, mediante: requerimento do responsavel ou do próprio aluno aluno, se maior, dele constando a anuência ao Regimento Escolar.

Demais documentos cópia do RG, CPF, Certidão de casamento, uma foto 3x4, histórico escolar do ensino médio, ou declaração de estar cursando.

O concluinte do Curso Técnico de Arte Dramática só receberá o diploma se apresentar a conculsão do ensino médio.

A matrícula é feita:

I - Por Classificação;

II - Por Reclassificação;

São condições para matrícula:

Apresentação de comprovante de conclusão do Ensino Médio, ou declaração de estar cursando.

O aluno para ingressar no Curso Técnico de Nível Médio além do item acima, deverá participar do processo seletivo, realizado no final o mês de janeiro.

Arte Dramática - Interpretação de um personagem de um texto retirado na secretaria por ocasião da inscrição; (tempo: 3 a 5 minutos);

Improvisação (com duração de 1 minuto) de um tema escolhido pela Banca. Leitura à 1ª vista de um texto sorteado na hora da prova.

Todas as provas são realizadas com uma banca de professores.

 

Sobre o Curso:

Os Cursos Profissionalizantes do Conservatório Carlos Gomes são reconhecidos pela Diretoria Regional de Ensino - Campinas Leste e que habilitam o aluno a ingressar no concorrido mercado de trabalho de produções artístico-culturais.

Os cursos são estruturados em uma carga horária de 900hs + 200hs de atividades extracurriculares (para alunos que cursam aos sábados) e 1160hs + 200hs de atividades extracurriculares (para alunos que cursam o noturno), que visam uma formação artística completa.

Noturno - Segunda a Sexta, 19h ás 22h - Duração: 2 anos

Sábado - 08h ás 18h - Duração: 3 anos

Componente Curricular

1 - INTERPRETAÇÃO
2 - HISTÓRIA DO TEATRO
3 - EXPRESSÃO CORPORAL
4 - EXPRESSÃO VOCAL
5 - ADMINISTRAÇÃO E LEGISLAÇÃO TEATRAL
6 - MAQUIAGEM
7 - CENOGRAFIA
8 - TÉCNICAS CIRCENSES
9 - CANTO PARA ATORES
10 - DANÇA PARA ATORES
11 - MEIOS AUDIOVISUAIS
 

Os Processos Seletivos são realizados em Janeiro e exigem como pré-requisito estar cursando ou ter concluído o ensino médio.

 

Professores:

Dirceu de Carvalho

Formado em Artes Cênicas pela UNICAMP em 2003, Dirceu de Carvalho é ator, diretor e dramaturgo. Trabalha com Cinema, Teatro e Televisão desde 1996, tendo recebido diversos prêmios. Destacam-se as produções: (TV) Cartões de Natal Feac, Skol, Hiper Cap, O Combate da Venda Grande; (Teatro) As Pegadas do Rei, Romeu e Julieta, O Chulo Miráculo, O Belo Indiferente; (Cinema) Corpos, Luchador, Corações Sujos e Somos tão Jovens. É integrante e co-fundador do Teatro do Bardo - "Chulo Miráculo" e "A Roupa Nova do Imperador".

 

Arthur Raymundo, tenor.

Bacharel em Canto Lírico pela UNICAMP (2009-2013), tem como parte de sua formação um ano de intercâmbio na University of Alberta, Canadá (2012-2013), através do programa Ciências sem Fronteiras.

Foi bolsista por dois anos consecutivos (2011, 2012) no Dartington International Summer School, Inglaterra, onde estudou com Dame Emma Kirkby e teve intensa atividade de estudos e performance de música antiga europeia. Participou do programa Opera on the Avalon (2013), Canadá, cantando nas óperas La Traviata (Verdi) e A Flauta Mágica (Mozart).

Em 2014 e 2015 foi contratado em academias corais na Alemanha e Chile, sendo elas: Chorakademie Lübeck, Weimarer Bachkantaten-Akademie e Academia Internacional Del Teatro Del Lago.

Como solista cantou a frente da Camerata Filarmônica de Indaiatuba, Corporação Musical Villa-Lobos de Indaiatuba, Orquestra Sinfônica da UNICAMP, Newfoundland Symphony Orchestra e outros. Além de ter colaborado com diversos pianistas e outros instrumentistas em vários recitais.

Suas últimas apresentações, em destaque, incluem papel solista na ópera L’incoronazione di Poppea (Monteverdi) em Belo Horizonte, recital na Temporada de Música de Câmara do Theatro São Pedro (São Paulo), concertos com o Ensemble Charpentier em diversas salas de concerto em São Paulo – dirigido por Nicolau de Figueiredo, Carmina Burana com a Chorakademie Lübeck e a estreia mundial da obra “Luta e Vida” de Ricardo Calderoni com a OSUSP, ambos na Sala São Paulo.

Fabiana Vitusso

Bailarina, Atriz, Professora e Coreógrafa.

Iniciou seus estudos em Dança em 1991 no Conservatorio Carlos Gomes onde se formou no Curso Técnico em Dança (2000) e no Curso Técnico em Teatro (2008). 

Participou da Cia Pão e Água como atriz por 6 anos;
Participou como bailarina de vários festivais de Dança: ENDA,FEBRADAN,PASSO DE ARTE, NEW FEST DANCE, DANÇA RIBEIRÃO entre outros.

Ministra aulas desde 1998 para crianças, adolescentes e adultos em várias areas, modalidades e escolas de Campinas.
No Conservatório Carlos Gomes leciona aulas para as crianças da Iniciação Artística,aulas de Sapateado e Jazz no Curso De Dança, Expressão Corporal no Curso Preparatório de Teatro e Dança para Atores no Curso Técnico de Teatro.

 

Luiz Andreghetto

Mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Unicamp, no qual iniciou doutorado em Cinema com término previsto para 2017.

Atua como professor do Conservatório Carlos Gomes de Campinas e em outras oficinas/palestras/workshops em Campinas e região. Atua também como fotógrafo, produtor e diretor de elenco, realizando diversos curtas nessas funções. Estreou na direção com o curta-metragem Anamnesis (2013) selecionado para a Mostra Take 1 de Indaiatuba, Cine Cosmo de Cosmópolis, Mostra Curta Ourinhos e XX Festival de Vídeo de Teresina e co-dirigiu o curta Nicolai (2014) selecionado para a Mostra Take 1 de Indaiatuba, Cine Cosmo de Cosmópolis, Mostra Jurgensen de Cinema em Campinas e Cine Chinelo em Pernambuco com Thiago Garcia. É crítico de cinema no site campinas.com.br.

Currículo Lattes

 

Ângela Nagai

Mestra em dança e Doutora em Artes pela Universidade Estadual de Campinas – Unicamp. Iniciou seus estudos em artes no Conservatório Musical Carlos Gomes de Campinas.

Estudou dança clássica no Pofhal´s Studio, integrando a companhia juvenil Gainesville Civic Ballet em 1980, na Flórida - EUA.

Foi bolsista da The Japan Foundation (1997) e da Fundação Vitae (2002), estagiando no International Noh Institute (Japão), onde desenvolveu a pesquisa sobre o clássico teatro Nô e atuou em peças dos repertório clássico e moderno. É vice - presidente da Associação Brasileira de Nôgaku (ABN). Sua vertente autoral e pedagógica trabalha com as artes cências tradicionais e contemporâneas no eixo oriente-ocidente, com foco nas culturas brasileira e japonesa.

 
 
 
Marcelo Pinta
 
Bacharel em Artes Cênicas pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP, e Mestre em Artes pela mesma universidade, com a pesquisa “Da Pré-expressividade ao Espetáculo, pontes, caminhos, passagens...”, sob orientação da Profª. Dra. Suzi Frankl Sperber, e co-orientação do Profº. Dr. Renato Ferracini.
 
De abril de 1998 a março de 2002 integrou como ator e pesquisador o Barracão Teatro – Espaço de Investigação e Criação Teatral. Entre seus principais espetáculos estão, como ator: Galvez Imperador do Acre, direção de Márcio Aurélio; Ninguém, direção de Tiche Vianna; As Cadelas, de Antônio Rogério Toscano, baseado no mito das Troianas e dirigido por Maria Thais, e A Conferência dos Pássaros, de Farid ud-Din Attar, com adaptação: Jean Claude Carrière, e direção de Francisco Medeiros. Como diretor: O Despertar da Primavera, adaptação da obra de Frank Wedekind, com alunos do Curso Intensivo de Teatro do Conservatório Carlos Gomes; Sob Meus Pés, espetáculo de conclusão do Curso Livre de Teatro, turma de 2008. Direção cênica e iluminação do espetáculo Certos Tipos e suas Canções, com o Duo Balangulá. Pesquisa de iluminação: Experimento Banho & Tosa, Coordenação Geral: Francisco Medeiros.
 
Desde 1991 desenvolve atividades de teatro e música com pacientes e funcionários de diversas unidades do Serviço de Saúde Dr. Cândido Ferreira. Atualmente integra a equipe do Centro de Convivência e Cooperativa Toninha, do Serviço de Saúde Dr. Cândido Ferreira, onde coordena oficinas de teatro para portadores de transtornos mentais e moradores da comunidade local. Ministra aulas de Improvisação e Interpretação no Curso Técnico de Teatro do Conservatório Carlos Gomes de Campinas. 
 
 
Edson Tadeu Ortolan
 
Natural de Campinas (SP), fez oficinas teatrais no Conservatório Carlos Gomes, na UNICAMP, entre outras instituições. É dramaturgo e pertence à Sociedade Brasileira de Autores Teatrais (SBAT). Escreveu o livro “História do Teatro”. Leciona no Conservatório Carlos Gomes desde 1989.

 

Fotos:

O Beijo no Asfalto

Set 7

Rasto Atrás


Contato

(19) 2519.0730 | 3253-0375 | 3254-2069
secretaria@ccg.art.br

Rua José Freitas Amorim 155 - Jd. Santa Cândida, Campinas -SP.
(Ver mapa de localização)

CCG nas redes sociais

Conservatório Carlos Gomes - Todos os direitos reservados